quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Prazer


Ela dança insinuante e prazerosamente entre a garrafas e roupas que ali no chão estavam jogadas.


Seus olhos grandes e negros brilhavam ao contato da luz fraca que ambientava todo o clima daquele lugar enquanto sua cabeça girava calmamente com sua mão no pescoço lhe auto-acariciando. Com a garrafa em uma das mãos e na outra o restante de um cigarro sujo de seu batom vermelho ela pegava aquele liquido amarelado e de cheiro forte e com fortes goladas deixava-o escorrer entre seios, barrigas e pernas.


A camisa social do qual ela tava vestida escondia sua ligerie preta de rendas vazadas. Suas pernas grossas e seu corpo composto por curvas jamais vistas deixava-o deslumbrado com tamanha beleza ali posta em sua frente.


Ela continua dançando sinuosamente enquanto a musica aumenta cada vez mais, seu corpo se torna mais frenético e entre voltas e passos desconcertados ela cai sobre o carpete de joelhos. Coloca a garrafa de lado, joga a bituca daquele cigarro bem usado e começa a acariciar de forma visceral passando suas mãos por entre suas pernas, barriga e seios.


Seu corpo latejava e entre risadas e mordidas em seus lábios ela aperta suas mãos contra seus seios lhe fazendo suspirar e se jogar aos pés dele. Ela levanta ainda anestesiada com aquilo, corre para a mesa e prepara mais uma daquela tira do prazer que a transformava em quem realmente ela era. De uma forma sobre-humana ela se agacha e rapidamente transmite todo aquele poderoso e colossal pó para dentro do seu corpo, fazendo-a rapidamente cambalear.


Ela se volta novamente para ele, e com seus pés vestidos naquele majestoso salto ela o instiga, colocando seu pé direito sobre a barriga dele e de forma límpida começa a acariciar toda a extensão de suas pernas, chamando-o para possuí-la, suas mãos elevam sua cabeça a fazendo pender para frente e seus cabelos negros e lisos cobrem seu rosto enquanto risadas sensuais e atraentes vão se soltando aos poucos. Ele se aproxima tentando alcançar seu rosto, mas ela empurra-o mostrando que naquele momento era ela quem comandava.


Mais goles daquele liquido amargo chegam aos seus adocicados lábios e de forma audaciosa ela deixa aquele liquido do prazer escorrer sobre seu corpo propondo para ele que de forma irracional ele a lambesse e sentisse seu gosto deslumbrante e alucinante.


Ele se levanta, mas novamente ela renega-o o empurrando contra o sofá, dança, ri, rodopia e sua mão puxa seus cabelos para trás fazendo sua cabeça pender para trás enquanto mais e mais mordidas são notadas em seus lábios.


Os botões daquela camisa branca já molhada pelo límpido do prazer vai se abrindo aos poucos e de forma instantânea ela se ajoelha sobre as pernas dele jogando mais daquele combustível sobre o corpo dele... ela se aproxima, sente o seu cheiro e de forma pueril morde a ponta de sua orelha fazendo-o tremer e ao mesmo tempo temer.


Ela se aproxima mais e mais, pega-o pelo queixo conduzindo-o em direção a ela. A musica fica mais alta e alucinógena, tudo começa a parar, já não existia mais nada do que aqueles belos e transpostos corpos latejantes.

As luzes se apagam, a musica se torna vertiginosa e eles se entregam ao absoluto do prazer.




Leia ao som de The Raconteurs - Together


[Link para baixar a musica: 05 Together.mp3]


[Isso lembra uma frase: "prazer, eu serei sua companhia essa noite"]


23 comentários:

Danilo Cruz disse...

Gostei do texto, só não gostei muito da música :P

Karla Hack disse...

Gostei da forma como você descreve.. visualizei tudo perfeitamente..
Além do que o desenrolar do texto é bem ritmado!
Fantástico...

;D

bjus

rosangela disse...

Uuuuiii .. rsrsrs

Muito exitante o texto .. bem escrito rico de tetalhes que faz com que se imagine cada "cena" ..

Um pouco louca a sua morena hem?? srsrsr

Parabéns .. amei

Abç..

Marcelo disse...

Não conhecia a música, mas achei adequada ao clima de extremo erotismo do poema. Bem intenso, bem aplicado em palavras.
Gostei

Victor disse...

Otimo Texto!

Amai a musica, passe quase 10 min lendo ele..
sempre guardo os textos que gosto!
para ler dpois!

A'ZaF disse...

(depois que eu temrminei de ler, e percebi que o som estava desligado é que vi a música, vou voltar e ouvir)

Eis que temos aqui um escritor, não tenho muito o que falar, melhorando sempre cara

abrax

Criador disse...

Muito bom

http://bondedoips.blogspot.com

Rafael Bardo disse...

Opa...obrigado cara! Quanto a usar o texto no monólogo, me explica isso melhor? não vejo problemas, mas queria saber ao certo como vai ser isso!
abraços

18 disse...

O texto é bem legal, so não consegui baixar a musica, mais vou jogar no youtube e ver se é boa :)

até

Alexandre Silva disse...

2ª passagem auqi hj e mais um texto de boa qualidade. Desse jeito vamo ter q virar assíduo...
Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com/

Rafael Bardo disse...

Cara, pode usar o texto sem problemas! É só citar a fonte...rsrsrs
Se fosse possivel filmar o monólogo eu ia agradecer muito. Queria postá-lo no meu blog, seria isso possivel?
abraços

pouca-fezes disse...

Escreve muito bem!

Bem detalhista... leva o leitor para a cena em andamento!

Parabéns!

E obrigado pelos elogios ao "É Nozes"... ;D

Continuarei acompanhando seu blog... :D

abraços!

www.e-nozes.blogspot.com

Alexandre disse...

Um texto onde o leitor pode visualizar a cena, eu amo isso.......

Muito bom o texto... só não sei opinar sobre a musica, pois eu acho que já ouvi ela, mas não tenho certeza absoluta...

Anah disse...

meu Dels, Sem comentarioos

AMEIIIII

;)

Jacopeba disse...

Show.....
ficou bem manero o texto.......
só ñ consigo acompanhar no ritimo da musik pq nunk ouvi a citada...hehehe....
Flw......
abraço.........

Ana Célia disse...

obrigada pelo comentario...pelo visto, vc tem bom gosto! Ja visitou a sala neh?

volte sempre!

Jéssica Torres disse...

Adorei a luxuria envolvente do teu texto, e a sensualidade da descrição. Um deleite para uma imaginação um pouco mais "fertil".

Pode até parecer um auto-elogio mas achei o teu jeito de escrever parecido com o meu.

Prii Persi disse...

Que intenso, hein? Gostei!

=)

Beijos.

meps. disse...

sensual, bem escrito e extremamente sedutor. Vou te linkar ok? Bjs

Rafael Bardo disse...

olá, td bem?
você poderia me adicionar no msn?
rafael_dasein@hotmail.com
abraços

Dúdah disse...

Gostei do jeito como você escreve , BEIJO . Volto aqui mais vezes para ler outras postagens . ;]

Késia Maximiano disse...

E q doce entrega...


Bjs

Geek.Lh3Rm3 disse...

o texto eé ótimo cara, Como eu disse anteriormente ^^
mantenha-me informado das atualizações ...