sábado, 2 de janeiro de 2010

Balanço Patrimonial da minha vida.

Eu poderia fazer um discurso de mis universo ou falar sobre desentendimentos retrógados, mas prefiro ser um poeta avesso e desestimulado, olhar para a minha vida como uma grande conta contábil, pois é foi sentado em um quiosque de frente com o mar, sentindo a brisa do mar em meu rosto e doce frio de uma garoa calada, na companhia da dama de cabelos negros que somente eu posso sentir e do lado de duas figuras maravilhosas que apareceram em minha vida. Ali estava eu sendo aparado por uma coca quente e por o gosto já amargo dos meus cigarros, percebi isso, que a vida é uma grande organização contábil cheias de ativos, passivos , patrimônio líquido e sinistros.

Em poucas horas inusitadas e decisivas percebi coisas em minha vida que juro, demorei anos para entender.

Sentado em frente à fatídica vida transtornada, pude perceber que sim, sou um homem de muitos amores, mas estou em debito com os que a mim passam. Sobe crédito para passivo, por favor, e debita em ativos (sem ser pejorativo), mas todos passam por mim me deixam marcas, mas também levam um pouco de mim, por favor, adicione estas partes de mim em sinistro.

Passei um ano, sim mais um ano procurando a perfeição não em mim, mas sim em outras pessoas e em outras coisas. Talvez a falta desta dita irresistível perfeição seja irreal, não exista de verdade. Já dizia o velho sábio não é “olhando de perto ninguém é normal”. Mas irresistivelmente tive de provar para mim mesmo isso três vezes, e graças há um pouco mais de pinga e uma noite suada e dançante em uma boate qualquer consegui perceber nesta terceira vez esta teoria filosófica de que ninguém é perfeito, adicionem então este conhecimento primordial em meu patrimônio liquido.

O ano passou e com ele empregos bons, muito dinheiro e adivinhe o quanto eu guardei? Some dois mais três multiplique por dois e divida pelo mesmo resultado, isso mesmo, hoje é dia dois de janeiro de dois mil e dez e tenho somente um real no bolso, adicione em sinistro muito dinheiro que foi gasto em bebidas, sexo (não paguei o sexo em si, mas para uma noite de sexo você gasta com preparativos, preservativos, e é claro um agrado para a pessoa que lhe proporcionou isso, pode ser uma pizza ou refrigerante ou até uma cerveja não é?), além das já ditas à cima, coloque também em sinistro dinheiro que gastei com nada, isso mesmo com nada. Pois nada comprei e nada adquiri e lá se foi todas as cédulas que ganhei.

Mas não me sinto pobre por não ter dinheiro hoje. Pois sei que tenho coragem de ganhar muito mais. Então por favor, acrescente isso em patrimônio liquido, debite dois em ativos e credite isso em passivos. Além do mais que se gastei muito é porque a tendência básica é que ganhei bastante também.

E quantas noites de sexo! Quer melhor coisa que gastar dinheiro com a coisa que você mais gosta de fazer? Some Isso tudo em algo não contábil, por favor, e sim em experiência de vida.
Tive experiências únicas em todas as áreas de minha vida. Vivi Intensamente a cada momento respirei ofegante durante um ano corrido e sim admito um pouco sofrido, mas como nosso amado Cazuza já dizia “Vida louca vida”. Foi bem assim que eu me senti. Perdi as contas dos puxões de orelhas, dos conselhos e claro dos aplausos.

Mas o que eu posso fazer se sempre digo que sou aquela mosca que pousa na sopa, aquela mosca em metamorfose ambulante, então vamos acrescentar a mosca e todo o resto, em patrimônio liquido (risos contidos). Sou um ser socialmente bem alocado e acredito que ainda tenho faculdades mentais em dia (assim espero eu).

Agora jogado encima da minha cama, com fones de ouvidos e escutando um som maravilhoso, volto meus pensamentos lá para aquele quiosque, e fico perplexo é impressionante como em poucas horas nossa vida pode se transformar, como palavras amigas de pessoas que nunca te viram pode mudar e moldar sua vida. Esse momento inesquecível para mim, por favor, adicione em meu patrimônio liquido.

Acho que essas primeiras horas deste ano, vendo o mar agitado sentado em uma mesa com o cigarro em mãos, sentido aquela garoa em meu suado rosto, com minha carne tremula foi possível perceber quantas coisas se abriram para mim. Quantas coisas se transformaram e quantas coisas tende a se transformar.

Então vamos à lista de sinistros que quero ter ainda no começo deste mês. Por favor, faço questão de entrar nesta lista pessoas indesejadas que só me trouxeram problemas durante este ano, pessoas que só souberam sugar, pessoas que queriam angariar coisas para si mesmas, pessoas problemáticas e por ultimo, mas não menos importantes pessoas falsas, duais que só sabe te levar a falência social.

Quero que entre em minha lista de sinistros também gestos de discórdia, de ódio entre tantas coisas que me ferem profundamente. E se não for pedir demais quero que entre nesta lista algumas feridas ainda abertas e que são difíceis de fechar.

E em patrimônio quero, por favor, riquezas, sejam elas de saúde, amor e principalmente de dinheiro. Sim isso mesmo, sou de carne e osso e preciso de muita grana para bancar todos os meus gostos e desejos. E o que não pode faltar, por favor, adicione noites suadas em baladas, noites de sexos exagerados e seja generoso neste quesito. Pois sei que a dama de cabelos negros que já no primeiro dia do ano me visitou vai querer isto também.

Fico feliz por ter conseguido sobreviver a mais um ano, fazer mais um aniversario, ver meus primeiros cabelos brancos nascer, mudar de face e de forma muitas vezes. E ter vivido, mas sou ganancioso sim e não nego e se eu tivesse somente vivido eu não estaria tão feliz, sim além de viver eu aprontei, brinquei, dei risada e chorei, corri atrás de ônibus, fiz criança chorar fazendo careta, briguei e fiz mais um monte de milhares de coisas que fez este ano ser, indescritível.

6 comentários:

V_ Leal disse...

Mais que sobreviver, viver!

Renata disse...

caraa ameei seeu textooo *-*

Zanzini disse...

Acho que não consigo mais viver sem sentir essa brisa do mar.. transformadora, renovadora..
Adoro o mar de uma forma não contábil, pois é incomensurável a sensação de bem estar e esta energia é indispensável ao meu dia-a-dia.

Feliz 2010!!

http://prof-zanzini.blogspot.com

João Victor Borges disse...

pois é, meu amigo.
e o pior é que nem sempre conseguimos moldar a nossa vida...

http://anpulheta.blogspot.com

Anônimo disse...

OLHE NÃO TE CONHEÇO SUAS PALAVRAS E TUDO O QUE EU ESTOU SENTINDO... ESSA DOR NA MINHA ALMA ESSA SENSAÇÃO DE FALTA , SOLIDÃO E DESESPERO TE ENCONTREI POR ACASO ASSIM COMO TENTO LEVAR A MINHA VIDA NO ACASO PORÉM EM UMA CIDADE ONDE TUDO E MUITO PREVISIVEL ... PARABÉNS!!!

Anônimo disse...

[url=http://www.onlinecasinos.gd]casinos online[/url], also known as accepted casinos or Internet casinos, are online versions of red-letter ("buddy and mortar") casinos. Online casinos assign gamblers to extemporize and wager on casino games inner the Internet.
Online casinos typically introduce up championing purchase odds and payback percentages that are comparable to land-based casinos. Some online casinos handling higher payback percentages payment play wheels games, and some phylum illustrious payout advantage audits on their websites. Assuming that the online casino is using an aptly programmed unsystematically epitomize up generator, proffer games like blackjack quest after an established profile edge. The payout patch up as a replacement in the modify of these games are established via the rules of the game.
Uncountable online casinos sublease or allot their software from companies like Microgaming, Realtime Gaming, Playtech, Supranational Artifice Technology and CryptoLogic Inc.